Descubra o que esperar do mercado imobiliário brasileiro para 2024 e invista com segurança

Indice

O mercado imobiliário brasileiro tem sido um cenário de notável resiliência e progresso considerando os desafios recentes enfrentados no contexto político e econômico. O ano de 2023 foi marcado por um desempenho excepcional, demonstrando não apenas estabilidade, mas também crescimento em várias áreas do setor.

Mesmo diante dessas adversidades, durante todo o ano, o setor imobiliário continuou a desempenhar um papel crucial na economia, impulsionando o crescimento dos negócios e contribuindo para a geração de empregos e a estabilidade financeira das famílias. 

No artigo de hoje, falaremos mais sobre os desafios enfrentados em 2023 e exploraremos as tendências esperadas para o setor no próximo ano. Boa leitura.👇

O panorama do mercado imobiliário em 2023

O mercado de imóveis, em 2023, registrou um desempenho notável, superando desafios iniciais de incerteza política e econômica. Apesar disso, o setor demonstrou resiliência, alcançando um crescimento significativo em lançamentos e vendas, evidenciado por ótimos números.

Segundo o indicador Abrainc-Fipe, no Brasil, o segmento da habitação popular foi o destaque, marcando um crescimento de 18,3%, enquanto os imóveis de médio e alto padrão também registraram um avanço considerável de 15,1%. Esses números robustos refletem a importância do mercado de imóveis na economia nacional.

Crescimento do crédito imobiliário e da caixa econômica federal

O cenário de financiamento e crédito imobiliário também foi robusto em 2023, com a Caixa Econômica Federal desempenhando um papel crucial. O banco anunciou um saldo de R$707,9 bilhões em operações de crédito imobiliário, marcando um aumento de 14,6% em relação ao ano anterior.

As contratações de crédito imobiliário cresceram em torno de 10,3%, atingindo um volume de R$136,9 bilhões nos nove primeiros meses de 2023. De acordo com a Caixa Econômica Federal, essas operações não apenas beneficiaram 2 milhões de pessoas com a casa própria, mas também contribuíram significativamente para a geração de empregos, chegando a 1 milhão de postos de trabalho.

As principais tendências do mercado imobiliário em 2024

À medida que nos aproximamos de 2024, as expectativas e projeções para o mercado de imóveis apontam para um período de continuidade do crescimento, mas também para a necessidade de adaptação às mudanças que se avizinham. Com novas tecnologias, transformações políticas e a dinâmica evolutiva das demandas dos consumidores, o próximo ano promete ser um campo fértil para inovações e expansões. 

Evolução do mercado imobiliário

O ano de 2023 estabeleceu um padrão elevado para o setor de imóveis, com previsões otimistas para 2024. Espera-se um crescimento substancial, superando as projeções econômicas nacionais, gerando novas oportunidades profissionais e expandindo a geração de negócios.

Entretanto, é essencial atentar para pontos estratégicos, como a política de redução de juros que influencia diretamente o mercado.

Novas oportunidades em tipos de imóveis

As expectativas para 2024 são amplas, especialmente no que se refere aos tipos de imóveis mais atrativos. Famílias procuram espaços mais amplos, adequados para home offices. Em áreas mais afastadas cresce o apelo para aqueles que buscam tranquilidade e custo de vida mais baixo.

Para solteiros e jovens, a demanda por imóveis compactos permanece forte. Setores empresariais também miram em espaços mais amplos, impulsionando a busca por galpões e unidades corporativas.

👉 Veja também: 10 motivos para ter um FAO!

Tecnologia e inovação no mercado imobiliário

A racionalidade na decisão de compra, impulsionada por tecnologias como realidade virtual e inteligência artificial, cresce exponencialmente. Imobiliárias oferecem experiências digitais avançadas, como tours 360º, expandindo as possibilidades de visitação virtual a imóveis ainda em construção.

A tokenização e multipropriedade emergem como instrumentos de grande potencial, permitindo a participação compartilhada em imóveis residenciais e comerciais, oferecendo opções de investimento e uso próprio.

Além disso, condomínios multifuncionais e investimentos estrangeiros prometem continuar como tendências fortes no mercado em 2024.

Perspectivas financeiras: crédito e selic

As perspectivas de melhoria no crédito imobiliário, impulsionadas pelo Marco Legal das Garantias, apontam para um aumento na movimentação financeira no setor. Ademais, a expectativa de uma Selic entre 9% e 10% pode estimular ainda mais as transações de crédito.

O mercado imobiliário para 2024 se apresenta como um cenário de oportunidades diversificadas e crescimento substancial, respaldado por mudanças estruturais, avanços tecnológicos e perspectivas econômicas favoráveis.

Conheça a FAO Building! 

Agora que você já conferiu as perspectivas do setor imobiliário para o próximo ano, que tal conhecer a FAO, uma construtora com mais de 24 anos de experiência na construção de empreendimentos de alto padrão, nos melhores bairros da Zona Norte de São Paulo?

Conquiste a qualidade de vida que você merece com a FAO Building! Entre em contato agora mesmo e fale com um de nossos consultores: 📞(11) 2959-4455/ (11) 93026-4455.